Timber by EMSIEN-3 LTD


COMUNIDADE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
Endereço: Av. Otávio Braga de Mesquita, 871 – Vila Fátima
Missas Dominicais: às 7h30, às 11h e às 19h00
Missas da Semana: Sexta às 7h30 – Quarta às 19h30

COMUNIDADE SÃO FRANCISCO
Endereço: Rua Síria, 384 – Jardim São Francisco
Missas: Sábado às 19h00 e 4ª terça-feira às 19h30

COMUNIDADE SÃO LUCAS
Endereço: Rua Ana Coelho da Silveira, 226 - Jardim Ipanema
Missa Dominical: às 9h15, exceto aos 4º domingos às 17h30
Missas da Semana: 2ª terça-feira às 19h30

COMUNIDADE SÃO PAULO APÓSTOLO
Endereço: Rua Fonte Boa, 173 – Vila Barros
Missa Dominical: às 9h15
Missas da Semana: 2° quinta-feira do mês nos setores da comunidade


Campanha para Evangelização de 2017

A Igreja no Brasil se prepara para a Campanha para a Evangelização, que acontecerá do Dia de Cristo Rei até o 3º Domingo do Advento. A iniciativa visa despertar os discípulos missionários para o compromisso evangelizador e para a responsabilidade com a sustentação das atividades pastorais no Brasil. Nesta edição, é proposto o tema “Cristãos leigos e leigas comprometidos com a Evangelização” e o lema “Sal da Terra e Luz do Mundo” (Mt 5, 13-14), em sintonia com o Ano Nacional do Laicato, que terá início no mesmo dia da Campanha.

 

Outro objetivo da Campanha é favorecer a vivência do tempo litúrgico do Advento e mobilizar os católicos do Brasil para uma Coleta Nacional que ofereça recursos a serem aplicados na sustentação do trabalho missionário no Brasil. Tal iniciativa considera a ajuda para dioceses de regiões mais desassistidas e necessitadas.

 

Coleta

 

O gesto concreto da Campanha para a Evangelização é a Coleta do 3º Domingo do Advento. De acordo com a Comissão Episcopal responsável pela campanha, pretende-se com os recursos arrecadados neste ano apoiar as inúmeras iniciativas da Igreja no Brasil promovidas pelos cristãos leigos e leigas no serviço da evangelização, da dinamização das pastorais, na luta pela justiça social, nas experiências missionárias das Igrejas irmãs e na missão ad gentes.

 

A colaboração na Coleta será partilhada, solidariamente, entre as dioceses, que receberão 45% dos recursos; os 18 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que terão 20%; e a CNBB Nacional, que contará com 35% das contribuições.